As quebras de contratos e o Coronavírus – como agir?

, Youtube

 

O Coronavírus é uma pandemia sem precedentes e está gerando uma série de consequências com relação a quebras contratuais em diversos setores da economia. No entanto, antes de tentar cancelar seu contrato, ou, ao receber uma recusa do fornecedor, precisamos analisar se cabe a aplicação da excludente de ilicitude do caso fortuito e de força maior. Obviamente a pandemia vai acarretar consequências jurídicas no mercado consumidor, M&A e na economia em geral sem precedentes, mas, ao mesmo tempo, se levarmos tudo “a ferro e a fogo” numa conduta litigando iremos apenas contribuir mais para um clima de instabilidade e desespero que não ajudará ninguém. Lembre-se, não é só você que está passando por dificuldades neste momento, o mundo inteiro está, e, caso precise de auxílio para resolver alguma questão, nossa sugestão é que tente sempre as vias mais razoáveis da negociação, mediação, acordos extrajudiciais e saídas amigáveis primeiro. Assista meu vídeo e saiba um pouco mais sobre este difícil momento que estamos passando

Deixe uma resposta